Escolha uma Página

Perder documentos é sempre uma situação difícil, não só pela possibilidade de ter acabado de passar por uma situação de roubo, furto ou extravio, mas também porque o cidadão terá que providenciar uma segunda via de todos os documentos, e normalmente esse processo é bem burocrático.

Entretanto, quando é preciso solicitar a segunda via do CPF (Cadastro de Pessoas Físicas), documento gerenciado pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB), o processo exigido é simples, rápido e sem custos, já que o cidadão precisará solicitar apenas um Comprovante de Inscrição no CPF que pode ser emitido através do site da RFB na internet.

Ou seja, todo o processo pode ser feito rapidamente pela internet e o cidadão ainda pode imprimir o Comprovante de Inscrição no CPF para apresentá-lo como documento oficial quando solicitado ou necessário. Aprenda tudo que é necessário para solicitar a segunda via do CPF abaixo.

Antes de tirar 2ª via do CPF

Antes de aprender como providenciar a segunda via do seu CPF, reforçamos a importância de registrar um Boletim de Ocorrência (BO), antes de providenciar novos documentos, pois o cidadão precisa se resguardar de possíveis crimes fraudulentos que possam ser cometidos por pessoas de má índole que venham a ter a posse do seu documento.

Além disso, em caso de suspeita de estar sendo vítima de roubo de identidade, após perder o documento, devido a constatação de transações fraudulentas em seu CPF, a RFB recomenda que o cidadão primeiramente procure um advogado para se informar sobre indenização e/ou reparação pelos prejuízos e procedimentos cabíveis que devem ser tomados.

Agora que você já sabe o processo correto após a perda do CPF, vamos aprender como solicitar a segunda via deste importante documento que armazena suas informações cadastrais como contribuinte.

Passo a passo de como tirar 2ª via do CPF pela internet

Atualmente existem dois tipos de processos para tirar a segunda via do CPF, um para pessoas que não declaram Imposto de Renda e outro para aquelas que declaram. Confira a seguir o passo a passo para fazer a solicitação em cada um dos casos.

Para quem não declara Imposto de Renda

O processo de solicitação de segunda via de CPF para cidadãos que não declaram imposto de renda é bem simples. Basta:

  • Acessar o site Receita Federal, página de Impressão do Comprovante de Inscrição no CPF
  • Preencher corretamente formulário Impressão do Comprovante de Inscrição no CPF, com os seus dados (Nr. CPF, Nome Completo, Data de Nascimento, Nome da Mãe e Nr. do Título de Eleitor)
  • Após preencher basta clicar em Enviar, que será apresentada uma tela onde será possível visualizar e imprimir o Comprovante de Inscrição no CPF

Para quem declara imposto de renda

O processo de solicitação de segunda via de CPF para cidadãos que declaram o Imposto de Renda é um pouco diferente, entretanto também é bem simples. Basta:

  • Acessar o site da Receita Federal, página Código de Acesso – Pessoa Física
  • Preencher corretamente o formulário de Código de Acesso – Pessoa Física, com os seus dados (Nr. CPF e Data de Nascimento), em seguida  digite os caracteres apresentados e clique em Avançar  
  • Será aberta nova página onde é necessário informar os números dos recibos de entrega das suas duas últimas declarações de imposto de renda, agora basta criar uma senha conforme instruções  e clicar em Gerar Código.
  • Após gerar o Código, basta acessar o Portal eCAC
  • Preencher o formulário de login com seus dados (Nr. Do seu CPF, o Código de Acesso Gerado e Senha recém criados)
  • Você será encaminha para a tela inicial de acesso do eCAC, agora basta  selecionar a opção “Cadastro” no menu e por fim selecione a opção “Comprovante de Inscrição no CPF”.
  • A plataforma irá gerar o seu o Comprovante de Inscrição no CPF para impressão

Para quem não tenha o número de inscrição do CPF

Caso o cidadão não tenha o número de inscrição do CPF, será preciso primeiro solicitar essa informação diretamente em uma unidade de atendimento da RFB, mediante apresentação de um documento de identidade oficial com foto, Título de Eleitor, Certidão de Nascimento e Boletim de Ocorrência.

Vale destacar, que o cidadão pode encontrar o número de inscrição do CPF em outros documentos, como Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho e Previdência Social, Carteira de Identidade Profissional, Carteiras Funcionais emitidas por órgãos públicos e Certidão de Nascimento, devido a possibilidade dos mesmos serem emitidos com citação do CPF.

Todos os processos, aqui citados, podem ser executados sempre que necessário. Ou seja, sempre que o cidadão precisar de uma via do Comprovante de Inscrição no CPF.

Como não perder o CPF

Atualmente, praticamente todos os documento de identificação podem ser emitidos com menção ao número de CPF, então não existe mais a necessidade de andar com o CPF na carteira. Ou seja, como se tornou dispensável, devido a facilidade de poder encontrar o seu número de inscrição do CPF em outros documentos, é recomendado que você deixe o CPF guardado em casa.

Agora, se nenhum dos seus documentos de identificação conta com a menção do seu CPF, na próxima vez que você for renovar seus documentos, que estiverem vencidos, basta solicitar que o mesmo também tenha o número do seu CPF. Já que é mais prático andar com apenas um documento com todos os seus dados.